31 de julho de 2020 às 17:13

Morre o diretor Alan Parker que levou "The Wall", "Fama", "The Comittments" e "Evita" às telas

Diretor uniu os mundos da música e cinema como poucos

O cineasta inglês Alan Parker morreu nesta sexta-feira (31) aos 76 anos vitimado por uma doença não especificada com a qual ela sofria há anos. Diretor de grandes sucessos como "O Expresso da Meia-Noite" (1978) e "Mississípi Em Chamas" (1988), ambos indicados ao Oscar de direção, Parker soube também unir o mundo da música e do cinema como poucos.
Dos seus 14 longas para o cinema, cinco podem ser considerados musicais, ainda que eles sejam bem distintos entre si, como pode ser visto logo abaixo nas cenas selecionadas de cada um deles.

Parker também ajudou o produtor Giorgio Moroder a ganhar o primeiro de seus três Oscars (pela trilha de "O Expresso...") e deu a Peter Gabriel a sua primeira oportunidade como autor de uma trilha sonora ("Birdy" ou "Asas da Liberdade" de 1985). Ele não filmava desde "A Vida de David Gale" de 2003.
Relembre os musicais marcantes do diretor:
"Bugsy Malone" - 1976
O primeiro longa de Parker para o cinema, é um exercício bem curioso e único: uma comédia musical de época sobre gangsteres estrelado por crianças, que atiram com armas que soltam chantili. O elenco tinha como maior destaque uma ainda novata Jodie Foster, então com 13 anos. As músicas eram de Paul Williams.
"Fame" - 1980
O musical fez o mundo inteiro cantar e dançar junto com Irene Cara e a sua música tema que ganhou o Oscar de melhor canção:

"The Wall" - 1982

Parker foi o responsável por transformar em imagens a visão de Roger Waters no álbum "The Wall", lançado pelo Pink Floyd em 1979. Uma obra difícil e experimental que, mesmo assim, se mostrou um sucesso de bilheteria e, posteriormente, um filme cult. Quem o estrelou foi Bob Geldof, o vocalista dos Boontown Rats que, anos depois, criou o projeto beneficente Band Aid e o festival Live Aid.
"The Commitments" - 1991
Muito querido, o filme contava a história de um grupo de jovens brancos irlandeses apaixonados pela soul music feita nos EUA na década de 60. Um clássico ao estilo "Sessão da Trade", o filme, na época, se tornou a maior bilheteria da história na Irlanda e até levou à criação de uma banda tributo encabeçada por alguns de seus atores. Uma curiosidade, é a presença de Andrea Corr no elenco, e também de seus irmãos em pequenas aparições, antes deles formarem o The Corrs.
"Evita" - 1996
Os críticos ficaram divididos, mas o público abraçou a versão do musical de Andrew LLoyd Webber e Tim Rice com Madonna no papel principal. O filme ganhou o Oscar de canção original ("You must love me" escrita especialmente para a versão cinematográfica) e três Globos de Ouro na categoria comédia ou musical (filme, canção e atriz).

Fonte: Vagalume

comentários

| FM Cultura 104'); }
Estúdio Ao Vivo